Todos os livros da Estante do CDF estão aqui

98 comentários

Olá, seguidores do Guia do CDF. Como vocês sabem, comecei ano passado a disponibilizar versões em PDF de coleções de livros que não são mais publicados, ou de edições antigas de obras que ainda são publicadas. Pra vocês não precisarem ficar procurando os links em diversas postagens, resolvi colocá-los todos aqui. Esta postagem ficará fixa no alto do blog.

Se você chegou primeiro nesta postagem, saiba que você não precisa estudar por todos estes livros. Alguns são mais introdutórios, outros mais aprofundados. Alguns se complementam, outros são alternativos. Exatamente quais você deve estudar depende de seus objetivos (qual curso, em qual universidade, você quer fazer), o tempo disponível que você tem pros estudos (tanto na sua rotina semanal quanto os meses que faltam para as provas), bem como suas inclinações pessoais (de quais disciplinas você gosta mais ou gosta menos).

Em outras postagens daqui do Guia do CDF eu falo sobre cada um deles, e de como melhor utilizá-los. Explore o Guia e descubra, antes de decidir quais você vai usar. Bons estudos!

(Ao clicar em cada link abaixo, na página que abrir, não espere os arquivos serem exibidos; clique logo em “Baixar”, na parte de cima, à esquerda.)

Livros de Ciências Exatas e Naturais:

Livros de Humanidades:

98 comentários em “Todos os livros da Estante do CDF estão aqui”

  1. Olá Serjão, Boa tarde! Eu de novo rsrsrs
    Qual é o nome do programa que vc usa para editar esses PDFs? Ele é gratuito ou pago?
    Outra coisa: Muito obrigado por responder tão rápido minha dúvida do outro dia, fiquei até me perguntando como vc escreveu tão rápido kkkk.
    Já dei uma olhada no curso do Renato Brito e achei muito bom, pretendo adquiri-lo mais tarde ,quando chegar na fase de aprofundamento, conforme vc disse.
    Muito obrigado

    Curtir

    1. Boa tarde, David! Eu sempre respondo os visitantes do Guia do CDF o mais rápido possível. Sei que, para quem leva os estudos a sério, cada minuto conta.

      O programa que eu uso para editar PDFs é o Adobe Acrobat Pro DC. É pago; a assinatura custa 60 reais por mês. Existem alternativas mais baratas; porém, mais limitadas.

      Curtir

  2. Olá Serjão! Boa tarde!
    Gostaria de um conselho para quem estuda sozinho para o ITA/IME. Vejo muitas pessoas dizendo que é necessário fazer cursinho,que na maioria são bem caros, porém, minha família tem uma grana bem curta( na verdade pretendo ser engenheiro para mudar essa realidade e ajudar meus pais), queria aproveitar esse período de EAD das escolas para me empenhar nesse sonho, comecei essa organização tem mais ou menos um mês, até que eu achei o seu blog. E fiquei encantado e muito motivado para começar a estudar. Considerando que eu tenha 5/6 horas líquidas para estudar (já cronometrei meu rendimento), e um computador com os PDFs e dicas que vc disponibiliza, acha que é possível? Teria algo específico que eu tenha que fazer?
    Pretendo começar a estudar semana que vem. Tenho 16 anos e estou no 2°ano de EM , acha que estou velho demais para começar? Sei lá, depois do desempenho que tive na prova da EPCAR semana passada bateu um desânimo.
    Mas enfim… Além disso que perguntei, teria alguma dica para me dar nessa trajetória que eu sei que não é nada fácil?

    Curtir

    1. Olá, David! Muito bom encontrar estudantes determinados como você.

      Primeiro de tudo, desencana; com 16 anos, você não está “velho demais” pra nada na vida! Já li em outros fóruns que os candidatos ao IME/ITA precisam de dois anos de estudo intensivo pra ter chances de passar, e vários deles só começam a estudar pra valer depois de terminarem o Ensino Médio. Porque nem todos são decididos como você na sua idade; precisam às vezes chegar aos 18, 19 anos pra saber o que realmente vão querer fazer.

      Segundo, é absolutamente normal, esperado até, que qualquer prova de seleção difícil como a da EPCAR que você faça estando ainda na metade do Ensino Médio você não obtenha um bom resultado. Provas feitas nesta etapa dos estudos só servem mesmo de treinamento, desde os procedimentos burocráticos (inscrição, documentos), passando pelos preparativos mais práticos (pra não chegar atrasado no dia da prova, por exemplo) e a experiência das provas em si (controlar o tempo, a ansiedade, etc.). Esse é o melhor aprendizado que você pode tirar dessa experiência. Depois, quando for pra valer, a experiência adquirida vai te colocar em vantagem sobre os outros que não “ensaiaram” antes.

      Agora, sobre os estudos em si, vou ser bastante franco. Longe de mim querer iludir estudantes que estão construindo seu projeto de vida. Eu levo essas coisas muito a sério!

      Os professores experientes em preparar estudantes pro IME e pro ITA, muitos deles ex-alunos desses institutos, dividem a preparação em duas fases, embasamento e aprofundamento. O embasamento corresponde a um Ensino Médio bem estudado, com toda o conteúdo programático das disciplinas das provas (Matemática, Física, Química, Português, Inglês) ensinado e aprendido em profundidade, com exercícios difíceis inclusive. O tipo de preparação que habilita o estudante a passar tranquilamente em qualquer vestibular ou Enem, no que depender dessas matérias, para qualquer curso, de qualquer universidade.

      Já o aprofundamento corresponde a conteúdos que não são ensinados nos livros didáticos nacionais de Ensino Médio, tanto a parte teórica, com tópicos em nível de faculdade, como técnicas especiais de resolução de exercícios dificílimos, em nível de olimpíadas internacionais de conhecimento. Usam-se sobretudo livros importados nesta fase; ou então, livros e apostilas nacionais de cursos preparatórios para IME/ITA. Mas, muitas vezes, esse material de cursinho traz explicações muito sucintas, sendo necessários os comentários dos professores em sala de aula para explicar as partes mais difíceis e sanar as dúvidas que podem surgir.

      Pois aqui no Guia do CDF você vai encontrar material correspondente apenas à fase de embasamento. Para o aprofundamento, o mais seguro para você alcançar seu objetivo é mesmo fazer um curso preparatório. A Editora Vestseller é a única especializada na publicação de livros de aprofundamento para IME/ITA. O dono da editora, professor Renato Brito, oferece também um curso preparatório à distância, que sai mais em conta que os cursinhos presenciais.

      Então, o conselho que posso te dar é que até o término do seu Ensino Médio, você se concentre na fase de embasamento, aproveitando o tempo de estudo que você tem, e todo o material aqui do Guia do CDF que está à sua disposição. Nesse meio tempo, você vai juntando dinheiro para, assim que terminar o Ensino Médio, fazer o curso preparatório do Renato Brito.

      Converse direitinho com seus pais, para eles entenderem sua estratégia e te apoiarem. Eles precisam entender que você não estará pronto para começar a faculdade que você quer logo que terminar o Ensino Médio. Você terá que fazer um “quarto ano”.

      Também, se possível, conforme a realidade financeira de vocês, eles não devem esperar que você comece a trabalhar logo, pois isso atrasará a sua preparação. (Não impede, mas dificulta bastante o que já é difícil!)

      Um projeto ambicioso como o seu é, necessariamente, um *projeto familiar*. Todos na sua casa precisarão se engajar de alguma maneira. Sabendo que, no futuro, você irá recompensá-los, como o bom filho que é.

      Torço por você!

      Curtir

  3. Oi, Serjão! Boa noite. Estou estudando faz alguns meses para o ITA e sinto que não consigo formular base e ir pra frente, então sentei e comecei a replanejar meus estudos para o segundo semestre e o próximo ano. Quais livros de matemática, física e química o senhor indicaria para formar uma base para ITA?

    Obrigada desde já!

    Curtir

    1. Boa noite, Maju. Antes de você decidir os livros, é preciso saber *por que* você sente que não consegue “ir pra frente”. Pode não ser um problema dos livros que você usa. Pode ter mais a ver com tempo de estudo, tempo de sono, sequência de assuntos, etc. Você já reviu estes pontos?

      Curtir

      1. Já revi o tempo de estudo e sono, sim. Não acho que este sejam os problemas, já que costumo ser dedicada nos horários. Penso que o problema esteja, talvez, na minha incerteza em que material utilizar: eu costumo procurar por mil livros e não terminar nenhum, talvez por impaciência. O senhor teria alguma sugestão?

        Obrigada novamente!

        Curtir

      2. Bem, Maju, você não precisa estudar mil livros, só algumas dezenas… (Eu não estou brincando.)

        Primeiro de tudo, você deve saber que muitas disciplinas do Ensino Médio não são cobradas no vestibular do ITA. Tem provas somente de Matemática, Física, Química, Português, Inglês e redação. Mas cada um a delas é num grau de dificuldade muito grande.

        As questões do ITA que aparecem nos livros didáticos tradicionais como as mais difíceis de um bloco de exercícios são na verdade as mais fáceis das provas. As de dificuldade *mediana* já estão além do que é ensinado no Ensino Médio, tanto em termos de conteúdo teórico quanto de técnicas de resolução de problemas. As mais difíceis mesmo são de nível olímpico.

        Não é incomum os candidatos estudarem dois, três anos direto, *depois* de terminarem o Ensino Médio, até conseguirem entrar no ITA.

        Curtir

      3. Vamos aos livros, então. Matemática: Paiva, depois FME; Física: Clássica ou Fundamentos, mais os exercícios de nível 4 de Tópicos. Química: qualquer coleção de Ensino Médio, depois uma coleção de Química Geral de nível superior. Aí você estará preparada pros livros ou apostilas de nível olímpico necessários. Exatamente quais, eu recomendo que você consulte fóruns específicos de preparação para IME/ITA.

        Português e Inglês, o esquema é mais fácil: todos os livros listados aqui. Quanto mais, melhor.

        Bons estudos!

        Curtir

  4. Você retirou o post “Como estudar ciências naturais”? não estou achando.
    e eu tbm queria saber qual livro de física eu começo?

    Curtir

    1. Sim, retirei. Estou reformulando essa parte. Você pode começar com o Física Clássica, de Sampaio e Calçada. É o que tem as melhores explicações pra quem está começando. Os exercícios também avançam aos poucos nos graus de dificuldade.

      Curtir

      1. Opa …sou eu denovo, e os livros de química e biologia qual eu começo ?
        agradeço.

        Curtir

  5. Oi Serjão,

    Por gentileza, gostaria de saber sua opinião sobre materiais coincidentes de concurso e vestibular, como Português e Matemática, por exemplo, de alguns cursinhos para concursos famosos, como Estratégia, Gran Cursos etc, inclusive video aulas, você recomendaria no geral? Ou depende do professor?

    Parabéns pelo blog, é sensacional. Muito obrigado.

    Curtir

    1. Oi mtsc01. Olha, mais do que dos professores, depende dos seus objetivos.

      Cursinhos preparatórios para concursos públicos têm materiais muito específicos para cada concurso. Mesmo disciplinas comuns a muitos concursos, como Português e Raciocínio Lógico-Matemático, têm graus de abrangência, profundidade e dificuldade diferentes, dependendo do concurso. Às vezes, o conteúdo teórico das apostilas é muito parecido, mas o nível das questões é muito diferente, e os professores complementam com dicas importantes nas aulas, que não estão nas apostilas.

      No geral, os melhores cursinhos sabem como ajudar na preparação dos candidatos para cada tipo de concurso. Então, se você tem por objetivo passar num determinado concurso, busque cursinhos que têm um bom histórico de aprovações para aquele concurso. Eles terão os melhores materiais e os melhores professores.

      Aqui no Guia do CDF, embora algumas dicas de estudo possam servir para concurseiros, os materiais e métodos sugeridos são para quem vai fazer Enem e vestibulares em geral.

      Curtir

    1. Tenho vários! Olha lá embaixo neste post mesmo, entre os Livros de Inglês. Todos os “Grammar in Use” que você encontrar lá.

      Curtir

  6. Esse Fundamentos de Matemática Elementar, de Gelson Iezzi tem a matéria de vetores ?
    agradeço a resposta desde já !!!

    Curtir

  7. Opa, Serjão. Cara, sou um leitor que não comenta muito aqui, porém seus tópicos são de grande ajuda e comecei a estudar apenas por causa do seu site. No momento, tô estudando pelo FME e pelo física clássica, porém fico um pouco pensativo sobre os exercícios, devo tirar um dia da semana para responder os exercícios (por exemplo colocar meu final de semana como apenas resoluções de questões) ou então devo fazer uma sessão de pomodoro de 50 minutos e outra sessão resolvendo os exercícios do assunto que estudei? Gostaria de levar esses dois livros a perfeição então pretendo estudar e resolver todos os exercícios, só não sei o caminho que devo fazer isso.

    Curtir

    1. Boa noite, Patrick. Que bom que inspirei você a começar a estudar! Olha, o mais efetivo é você fazer os exercícios logo depois da teoria a que eles se referem, numa mesma sessão de estudos. Porque são os exercícios que fixam o conteúdo teórico na mente. Pelo que eu conheço dos livros, dá pra estudar uma porção de teoria e fazer um punhado de exercícios em 50 minutos (até menos, em 25). Se você quiser, pode deixar parte dos exercícios (os que tem enunciados repetitivos dos FME, ou os “exercícios de aprofundamento” do FC) pra fazer no fim de semana, como revisão.

      Curtir

    1. Que ótimo, Tales! Manda pra mim um link pra eu baixar o arquivo. Pode ser por aqui mesmo. Eu não publico o comentário com o link.

      Curtir

      1. Muito obrigado, Tales! Em breve, atualizarei os arquivos para incluir as resoluções.

        Curtir

    2. Você pretende fazer um arquivo desses com o Ciência e Aplicações do Iezzi?

      Sei que ela é compatível com o Manoel Paiva, mas prefiro a didática do Iezzi.

      Curtir

      1. Não, esta coleção não vai pra Estante do CDF. Eu procuro diversificar os autores, e do Iezzi já tem os FME.

        Curtir

  8. O livro do Cereja está com a respostas logo abaixo dos exercícios, impossibilitando o estudo.

    Você não teria a versão do aluno, né?

    Curtir

  9. Oi tudo bem Sérgio. Quero saber o que você acha sobre minha estratégia de estudos, estou estudando matemática pela coleção Praticando Matemática-Álvaro Andrini- (edição de 1989), após terminar está coleção vou fazer o Matemática Paiva(1°edição 2009),depois Matemática ciência e aplicações. E por fim o Fundamentos da matemática elementar.
    Em física quero estudar Os Fundamentos da Física do Ramalho e Tópicos de Física.
    Em português quero fazer o Curso Prático de Gramática do Ernani Terra e depois a Novíssima Gramática da Língua Portuguesa do Cegalla.
    E em inglês quero estudar Gramática Prática da Língua Inglesa do Nelson Torres.
    Gostaria de saber se esta lista não ficou grande demais, tendo em vista que pretendo fazer tudo isso em 2 anos e meio, ou pequena demais porque a prova que irei fazer cobra apenas Matemática, português, inglês, física e redação.
    Mas eu também tenho pretensões de fazer o Enem, você sabe me dizer se o conteúdo da plataforma Geekie One é bom para me preparar para as outras matérias?

    Curtir

    1. Oi, Só quero aprender!

      Não tem necessidade de você estudar Matemática do Paiva e depois Ciência e Aplicações. As duas coleções são estão no mesmo nível, de “embasamento”. Faça uma delas e depois você já pode encarar os FME.

      As outras disciplinas me parecem ok para fazer o Enem ou um vestibular “normal” com confiança. (Quer dizer, as provas correspondentes a elas.) Só acrescente ao menos um livro específico de Interpretação e Redação. (Aqui na Estante do CDF mesmo tem.)

      Agora, se você pretende encarar um concurso pra área militar, convém você se informar em fóruns e comunidades específicos, pra ver se sua seleção está adequada pro nível de exigência do concurso.

      Eu não conheço a Geekie One. Não posso opinar sobre ela.

      Curtir

  10. Bom dia, Serjão!

    Lembrei sobre uma coisa que o professor Píer falava em suas palestras, estudar 50 minutos (se não me engano) e 5 ou 10 minutos de descanso, o que o senhor acha disso?
    Você aplica quando você está estudando?

    Curtir

    1. É absolutamente necessário fazer pausas durante as sessões de estudo. O recomendado é mesmo isso, 50 minutos de estudo, 10 de descanso. Quem não consegue ficar concentrado por tanto tempo pode fazer 25 de estudo e 5 de descanso.

      Curtir

  11. Ah, entendi, Sejão.

    Então sobre comprar este de Biogia aquele de Matemática do Gelson Iezzi (volume único divido em três partes) não devo comprar?

    E como eu faria técnicas de revisão? Seria apenas os exercícios?

    E sobre utilizar pdfs, seria preciso pegar o conteúdo em pdf e resumir os tópicos com minhas palavras e fazer os exercícios?

    Curtir

    1. 1- Não, poupe seu dinheiro. Se puder, compre coleções de três volumes. Você pode encontrar boas ofertas de livros usados. Se não tiver como, use os PDFs.

      2- Sim. Apenas não faça todos os exercícios de um mesmo assunto de uma só vez. Deixe uma parte para fazer depois. Quantos exercícios e quando esse depois fica a seu critério. Não tem fórmula pra isso.

      3- Sim, como o professor Píer sugeria. Mas essa técnica de resumos é mais útil em disciplinas mais “textuais” (Biologia, História, Literatura). Nas mais “numéricas” (Matemática, Física, Química), o que conta são os exercícios mesmo.

      Curtir

  12. Entendo, Serjão.

    Mas realmente fica difícil por pdf, até por conta do notebook ter uma tela menor como dito em mensagens anteriores.
    Mas o que você acha desse Amabis em volume único, ele não teria a teoria suficiente para eu estudar apenas por ele, imprimir listas de exercícios e resolver, a fim de tentar acertar as 15 questões de Biologia no ENEM?

    E sobre rotina de estudos?
    Segundo o professor Píer, estudar todo dia e estudar pouco (4 horas), sei que 1 hora de estudo focado é melhor que 5 horas sem foco, mas em média, tendo em base que eu estudo de manhã e tenho a tarde livre, poderia estudar quanto tempo?

    Curtir

    1. Aumente o zoom) na tela até as letras ficarem confortáveis para a leitura. Dá pra você estudar até na tela do celular, de você se dispuser. É longe de ser o ideal, mas é perfeitamente viável.

      Já lhe disse o que eu acho de volumes únicos. Eles não servem pra quem precisa tirar notas altas no Enem.

      Quanto ao tempo de estudo, é simples: você deve estudar todo o tempo livre que você tiver. De tarde e também de noite. Sábados, domingos e feriados é o dia inteiro. Para só pra ir na cozinha, ir ao banheiro e ir pra cama.

      O professor Píer dava aulas em cursinhos e colégios particulares. Quando ele dizia para “estudar pouco e estudar sempre” era para estudantes que tinham bons professores, ótimos livros e apostilas, e podiam contar que veriam todo o conteúdo programático em profundidade na escola. A preparação deles para o vestibular (não existia Enem) consistia basicamente em revisar o que haviam aprendido em sala de aula. Os problemas desses estudantes eram somente a falta de disciplina nos estudos e o desconhecimento das melhores técnicas para fazer o estudo render. Se corrigissem esses problemas, poderiam se dar ao luxo de “estudar pouco” e entrar pra faculdade dos sonhos.

      Este não é o caso da maioria dos estudantes “vítimas” de escolas públicas (como você diz ser). Esses têm que correr atrás do prejuízo, aprender a matéria que eles não verão na escola, resolver os exercícios que eles não verão em sala de aula, mas que vão cair no Enem e nos vestibulares. Por isso eles (vocês) precisam estudar muito mais que os alunos de escolas particulares, para poder competir com estes com um mínimo de chances.

      Se ficar com a postura de estudar “o mínimo para passar”, simplesmente não vai passar. Porque nós nunca obtemos todo o rendimento que planejamos ter nos estudos. Quem estuda pra tirar nota 8 (ou 800 no caso do Enem) acaba tirando nota 6 (ou 600). Quem tira 8(00) é porque estudou pra tirar 10(00). E quem tira 10 estudou pra tirar 20!

      Agora, se você estudar “igual todo mundo” estuda (4 horinhas por dia fora da escola, 0 nos fins de semana), com os mesmos livrinhos que “todo mundo” usa (volumes únicos), vai alcançar somente os resultados que “todo mundo” alcança. Vai ser só mais um entre os milhões que fazem o Enem todos os anos e não conseguem nota pro curso que desejam.

      Se você sonha com mais do que isso, tem que fazer mais do que isso.

      Curtido por 1 pessoa

  13. Boa tarde, Serjão.

    Ultimamente venho perguntando muitas coisas para o senhor, espero que eu não esteja incomodando, o motivo de minhas perguntas é porque não tenho ninguém para me orientar sobre o que devo estudar e por onde estudar.

    Mas enfim, Serjão, percebi que eu não tenho nenhum livro de Biologia, vi o post sobre isso e como meu foco é ENEM, não seria melhor comprar o Amabis?

    E pesquisando na internet, achei um que está em um preço bom para mim, porém é volume único, dê uma olhada: https://www.amazon.com.br/Fundamentos-Biologia-Moderna-Mariano-Amabis/dp/8516052699/ref=mp_s_a_1_1?dchild=1&qid=1619114566&refinements=p_27%3AAmabis+e+Martho&s=books&sr=1-1

    O que acha?

    Curtir

    1. Via de regra, eu não recomendo volumes únicos. Eles trazem a teoria resumida, exercícios mais simples e em menor quantidade. E no seu caso, que quer fazer Medicina, Biologia é a disciplina mais importante. Tem que ser uma coleção de três volumes mesmo. Se você não puder comprar, baixe as versões em PDF mesmo e estude por elas. (E troque os óculos, pra não cansar muito os olhos ao ler na tela.)

      Curtir

  14. Entendo, Serjão.
    Mas estes últimos equivalem aos do Manoel Paiva que está na biblioteca do Guia Do CDF, ou não?
    E iriam sair mais barato, tendo até a possibilidade de eu também poder comprar um livro volume único de Gramática do William Cereja, o que acha?

    Curtir

    1. São uma edição mais antiga do Manoel Paiva. A coleção mudou bastante desde então. Como você tem foco no Enem, é melhor ficar com livros mais recentes, que trazem parte dos exercícios no formato das provas do Enem.

      Curtir

  15. Bom dia, Serjão, sou eu outra vez.

    Estava seguindo sua dica de livros usados e acabei encontrando estes https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-1822326027-matematica-volume-1-2-e-3-1-edico-_JM#position=5&search_layout=mosaic&type=item&tracking_id=26fd068b-f4eb-4d62-aa22-f565d155ca7f , o que acha? É uma coleção completa do Manoel Paiva, porém é de 2009, creio que não possua exercícios do ENEM.

    Entre estes últimos e aquele do Gelson Iezzi ( https://www.amazon.com.br/Conecte-Matem%C3%A1tica-%C3%9Anico-Gelson-Iezzi/dp/8502635107/ref=mp_s_a_1_10?dchild=1&keywords=gelson+iezzi&qid=1619010819&sr=8-10 ) qual é melhor? Qual dos autores possue a melhor didática?

    Curtir

  16. Beleza, Serjão!

    Na verdade, já uso óculos, e como ainda estou em período de crescimento, o grau vem aumentando e tenho até astigmatismo…

    Mas enfim, obrigado por tudo, Serjão, irei começar os estudos!

    Curtido por 1 pessoa

  17. Então tudo bem, Serjão.

    Antes de mais nada, me desculpe pelo número exagerado de perguntas.
    Então farei o seguinte em Matemática: revisarei a matemática básica, revendo e fazendo exercícios, quando me sentir preparado irei comprar aquele livro, e estudarei por ele.

    Então será ele, os do Manoel Paiva serião melhores? Talvez posso tentar colocar mais grana…

    É que estudar por PDFs mesmo não tendo muitas opções talvez não seja muito bom para meu caso, pois fico com dor de vista ao olhar demasiadamente em meu notebook (este que por sua vez possui uma tela pequena).

    Curtir

    1. Mesmo nível, Gelson Iezzi e Manoel Paiva. Use o Iezzi mesmo, que é mais viável pra você.

      Ah, e procure fazer uma consulta oftalmológica. Essa dor nos olhos ao ler no notebook pode ser um problema na visão. Você pode ter de usar óculos; ou, se já usa, mudar o grau.

      Curtir

  18. Então, obrigado mesmo, Serjão.

    Irei revisar e aprender a matemática básica, para assim, estudar por este livro do Iezzi, e apenas de dúvida, posso ficar sosegado quanto ao conteúdo no livro, certo?
    Digo, o conteúdo que tem no livro é tudo que irá cair no ENEM?
    E outra coisa, o livro possui exercícios que possibilitam fixar e exercitar o assunto?
    E fora isso, existe algum outro livro que o senhor me recomenda no lugar deste? Visando apenas que o foco é ENEM.

    Curtir

    1. Olha, essa pergunta, sobre o que vai cair no Enem… Nem os formuladores do Enem sabem! O Ensino Médio está passando por uma grande reformulação. Itinerários formativos, base curricular, você já deve ter ouvido falar. (Se é que já não está experimentando essas mudanças na sua escola.) E ainda veio a pandemia, com o ensino remoto, bagunçar ainda mais as coisas. Só ano que vem devem ser lançados livros que estarão mais de acordo com essas mudanças. E, consequentemente, o conteúdo cobrado no Enem também vai mudar. Ninguém sabe ao certo como vai ficar.

      Isso só aumenta a insegurança de quem depende do Enem para tentar uma vaga numa boa universidade. Mas é um problema que afeta todos os estudantes igualmente; quer dizer, todo mundo está no mesmo barco. Vão se sair melhor aqueles que se prepararem com os melhores materiais disponíveis, mesmo que venham a estudar algumas coisas que, depois, acabem não sendo cobradas nas provas. E as coleções do Iezzi, tanto a do Fundamental quanto a do Médio, estão entre as melhores obras disponíveis atualmente. Depois que você tiver dado conta delas, você avalia a necessidade de complementar seu estudo com outras.

      Curtir

  19. Realmente muito obrigado, Serjão.

    Tecnicamente fui vítima do ensino brasileiro, nunca tive incentivos para ler livros ou estudar: claro, deveria fazer isso por conta própria.
    Mas agora que estou no ensino médio, pretendo estudar para entrar em Medicina, não sou um CDF verdadeiro como você e os outros membros, que realmente gostam de estudar, mas eu gostaria de aprender e conseguir virar médico para ajudar as pessoas e meus pais.

    Vi que o senhor conhece o professor Píer, e recentemente descobri este site e os vídeos do prof. Píer (ambos estão me ajudando a entender o que é estudar).

    Então irei comprar o segundo, e apenas para saber, ele abrange tudo presente em Matemática (incluindo Matemática básica, como MMC, equação de 1° e 2° grau) para o ENEM?

    Curtir

    1. Não se subestime! O principal você tem, que é a vontade de aprender e, por meio do estudo, alcançar um objetivo nobre. Isso naturalmente fará de você um CDF!

      Sobre a matemática básica, você só vai encontrar em coleções de Ensino Fundamental. Todas as coleções de Ensino Médio já pressupõem que os estudantes dominam o básico. Se você tem lacunas na sua formação, convém você estudar primeiro uma coleção do Fundamental 2 (6ᵒ ao 9ᵒ anos). O Iezzi mesmo tem uma, chamada Matemática e Realidade. Só depois você deve pegar uma coleção de Ensino Médio. Matemática é assim, não dá pra pular etapas…

      Conheci o professor Píer apenas pelos livros dele e por uma breve, mas proveitosa, conversa por email. Ele foi pioneiro em uma área de ensino e pesquisa hoje chamada de Neuroeducação. Muitas ideias dele a respeito de como estudar, o que funciona melhor, o que atrapalha, etc., vêm sendo confirmadas em pesquisas internacionais. Infelizmente, ele faleceu já há alguns anos, quando ainda tinha muito a ensinar a estudantes e professores brasileiros.

      Curtir

  20. Olá, Serjão, me desculpe, estou por outra conta pois coloquei o meu email errado naquela.

    Entendo o que você diz, mas não gostaria de ficar usando os PDFs, pois irei precisar olhar direto para o computador, e como você disse em outro post, é melhor livro do que computador.

    O volume único que eu digo é uma caixa que vem com 4 livros (3 partes e uma de revisão se não me engano).
    E quero apenas tirar 805 no ENEM para passar em alguma faculdade de Medicina. Precisaria de um livro que não fosse tão profundo ao ponto de ter coisas que não cairão no ENEM, ou seja, um livro que me dê a teoria e eu aprenda para ficar fazendo muitos exercícios, a fim de fixar.

    E estava em dúvida entre qual pegar, pois ambos possuem o mesmo nome tecnicamente:
    https://www.amazon.com.br/Matem%C3%A1tica-Ensino-M%C3%A9dio-%C3%9Anico-Parte/dp/8535720065/ref=mp_s_a_1_1?dchild=1&keywords=gelson+iezzi&qid=1618967537&sr=8-1 (creio que este possue 3 partes, gostaria que o senhor desse uma olhada depois)

    Ou este: https://www.amazon.com.br/Conecte-Matem%C3%A1tica-%C3%9Anico-Gelson-Iezzi/dp/8502635107/ref=mp_s_a_1_10?dchild=1&keywords=gelson+iezzi&qid=1618967629&sr=8-10

    Qual dos dois você acha melhor para uma pessoa que visa aprender um conteúdo de Matemática que não tão aprofundado, para tentar tirar uma nota alta em Matemática no ENEM?

    Curtir

    1. Os dois são equivalentes. São edições diferentes de uma mesma obra. O segundo é mais recente, e deve estar mais atualizado com o Enem.

      Sobre a questão de ler na tela ou em livros impressos, estes são melhores, sim, para se estudar. Em geral, eles prendem mais a atenção, favorecem a retenção das informações, cansam menos a vista.

      Mas isso é pra quem pode escolher entre duas versões, uma impressa e outra digital, de um mesmo livro. Quem tem dificuldade de comprar livros em geral não tem esse poder de escolha. Para esses, estudar por um excelente livro em PDF é melhor do que por um livro mediano impresso. Mesmo que seja mais cansativo e exija um maior esforço usar as telas.

      Mas acredito que, para o seu objetivo, tanto o Manoel Paiva, que você pode baixar aqui, quanto o Iezzi, que você pretende comprar, estão de bom tamanho. E sinta-se à vontade para se servir da Estante do CDF, caso sinta necessidade para alguma outra disciplina.

      Bons estudos!

      Curtir

  21. Olá, Mestre Serjão.
    Quero começar a estudar para vestibulares, porém estou no ensino médio, e seria impossível fazer um cursinho tendo que estudar de manhã, e além disso, não posso bancar um cursinho atualmente.
    Visto que estudar o quanto antes é melhor, gostaria de começar a estudar especificamente para o ENEM, apenas para o ENEM, porém devo estudar como? Usando livros?
    E sobre os livros, creio que eu já tenho alguns de algumas matérias, porém não tenho nenhum de Matemática, por isso, terei que comprar.
    Vendo seus artigos sobre livros de Matemática, dois me fascinaram, sendo eles o do Manoel Paiva e do Gelson Iezzi.
    Contudo, os do Manoel Paiva, que estes são divididos em 3, sairão muito caro, porém o Gelson Iezzi possui uma coleção de volume único, onde vem 3 livros de Matemática, tendo um preço que eu seria capaz de comprar, aqui está o link, dê uma olhada e me fale o que você acha: https://www.amazon.com.br/Matem%C3%A1tica-Ensino-M%C3%A9dio-%C3%9Anico-Parte/dp/8535720065/ref=sr_1_1?__mk_pt_BR=%C3%85M%C3%85%C5%BD%C3%95%C3%91&dchild=1&keywords=gelson+iezzi&qid=1618936511&sr=8-1

    Outra coisa importante ressaltar, os FME sairia muito caro, e como meu foco é apenas ENEM, creio que não precisaria. E também gostaria de saber se este de volume único do Gelson Iezzi seria bom como um livro de Matemática completa para o ENEM.

    Curtir

    1. Olá, Estudante!

      Eu não recomendo volumes únicos pra ninguém. Em geral, são muito “fracos”.

      Já a coleção em três volumes do Iezzi é do mesmo nível da do Manoel Paiva. Serve para quem quer fazer o Enem, mirando um curso da área de Humanas, e como um embasamento pra quem quer almeja um curso na área de Exatas. (Numa boa universidade, claro, que tem cursos muito concorridos.)

      Uma alternativa é você comprar livros usados, em sites como a https://estantevirtual.com.br ou o Mercado Livre. Neles você encontra muitos livros em bom estado de conservação e mais baratos que os novos em livrarias.

      Mas olha, eu montei a “Estante do CDF” justamente para servir a estudantes como você, que não têm condições de comprar os melhores livros. Você pode baixá-los em PDF de graça aqui! A menos, claro, que você não tenha acesso fácil a computador, ou à internet…

      Curtir

  22. Boa tarde, Serjão! Desculpa incomodar, pretendo começar a estudar matemática, estou no ensino médio, uma base bem pobre, estava pensando em começar pelos livros “Projeto Teláris”, de Luiz Roberto Dante, a coleção do 6° ao 9°, em seguida “Matemática ciência e aplicações”, de Gelzon Iezzi, a coleção do 1° ao 3° do ensino médio. É uma boa ideia? Ou recomenda substituir algum por outra coleção? Vou estudar sozinho, consigo entender matemática sem dificuldades (apesar de não ser bom nela) e tenho uma belíssima memória.

    Curtir

    1. Boa tarde, Matheus! Sua estratégia é boa sim. Começar com uma coleção do Fundamental 2 e prosseguir com outra básica do Ensino Médio. As duas são de autores consagrados, com ótima didática, e cobrem todo o programa.

      Depois, se você for fazer uma faculdade de Matemática, Estatística, Computação, Engenharia, Física, Química, Economia, convém você se aprofundar nos Fundamentos de Matemática Elementar.

      Bons estudos!

      Curtir

      1. Obrigado, pretendo cursar licenciatura em física, só tenho um ano para me preparar, você acha que 8 horas todos os dias estudando matemática e física é suficiente para aguentar o tranco? Consigo terminar o FME até lá também? (estudo rápido)

        Curtir

      2. Acredito que as duas coleções que você falou deve dar pra terminar sim. Os FME, não. Porque você vai ter que estudar todas as outras matérias, que também são cobradas no Enem e nos vestibulares. Infelizmente não é só Matemática e Física. E você ainda tem as aulas (ainda que remotas), os trabalhos e as provas da escola.

        Mas os cursos de Licenciatura (ainda mais em Física) não costumam ser muito concorridos. Você provavelmente não vai precisar dos FME pra garantir sua vaga. Mas, depois, quando estiver no primeiro ano da faculdade, convém você estudar os FME junto com as matérias do curso.

        Curtir

      3. Entendi, muito obrigado, mas vou ser teimoso, a nota de corte SISU de física aqui já foi 384, temo que não precisarei estudar tanto assim outras disciplinas, e quero muito estudar o FME de livro a livro.

        Curtir

  23. Olá, desculpe o incômodo, mas está bem ruim para baixar o Física Clássica. Poderia deixar como estava antes? Carrega mais fácil.

    Curtir

      1. Na verdade, não está dando erro, simplesmente minha internet, que é ruim, não consegue carregar. Eu consegui baixar aquela versão antiga, que estava formatada igual ao FME e o Feltre. Acabei excluindo por bobeira.

        Curtir

  24. Boa tarde, Serjão. O senhor poderia me tirar uma duvida? Iria começar a estudar pra concurso com os livros que você disponibilizou (FME + Física Clássica + Novíssima Gramatica) porém, surgiu uma oportunidade de fazer um cursinho para esse concurso. Qual das três opções o senhor acha que seria a melhor? Estudar apenas pelo cursinho, apenas com os livros ou estudar pelo cursinho como também pelos livros. Atualmente faço faculdade pelo período da tarde, então se fosse para o cursinho iria ter apenas um turno para estudar (de manhã ou a noite)
    Obrigado desde já pela atenção.

    Curtir

    1. Boa tarde, Wanderley. É difícil avaliar.

      De cara, você pode descartar estudar pelo cursinho, incluindo as aulas e as apostilas, e também por outros livros. Ainda mais que você também tem aulas da faculdade. Simplesmente não há horas no seu dia para tudo isso.

      Quanto a decidir entre o cursinho e os livros, são alguns fatores a considerar.

      Primeiro, você tem experiência de estudar por conta própria? Como foi sua preparação para entrar para a faculdade? Você fez cursinho na época? Se você não precisou de curso preparatório pro Enem ou vestibular, você pode se virar sozinho agora também. Mas se esse novo concurso for mais difícil ou mais concorrido que o Enem ou vestibular que você fez, o resultado de estudar por conta própria agora pode não ser o mesmo. E se você de fato fez cursinho preparatório antes, e acha que foi importante pra conquistar sua vaga na faculdade, é mais seguro fazer agora de novo.

      Segundo, quanto tempo falta até as provas? Três meses, seis meses, nove meses? Estudar por livros requer mais tempo que por apostilas de um curso preparatório. Se falta pouco tempo até as provas, o cursinho entrega o conteúdo que você vai precisar de maneira mais rápida. Os professores dos melhores cursinhos sabem quais são os assuntos mais cobradas nas provas, conhecem os tipos de questões mais frequentes, e direcionam as aulas para enfatizar esses assuntos e treinar essas questões.

      Terceiro, é de fato um bom cursinho? Tem um histórico de aprovações neste concurso que você vai fazer? Não falo de primeiros lugares, mas de quantidade de aprovações. Quantos ex-alunos deste cursinho foram aprovados em edições anteriores desse concurso? Ou quantos dos aprovados nos concursos anteriores fizeram este cursinho? Tem como você saber? Sem essa informação, fazer cursinho é dar um tiro no escuro.

      Em suma, se você tem experiência de estudar por conta própria; se falta seis meses ou mais até o concurso; se o cursinho não tem um histórico comprovado de aprovações no concurso; é melhor ficar por conta própria.

      Mas se você precisou de cursinho pré-Enem ou pré-vestibular; se faltam poucos meses até as provas; se o cursinho tem um bom histórico de aprovações; então é melhor fazer o cursinho.

      Qualquer que seja sua escolha… Bons estudos e boa sorte!

      Curtir

      1. Boa tarde, Serjão!! Fico feliz com a sua resposta. Então, quando estudei para o ENEM foi sozinho em casa, porém a pergunta que você fez está me deixando muito pensativo, será que vou conseguir passar nesse concurso estudando sozinho em casa sendo que ele é bem mais concorrido? Certamente irei, mas não sei qual rumo tomar. Sobre a pergunta do cursinho e do tempo da prova, particularmente não tenho pressa até a aprovação, entretanto o concurso tem limite de 23 anos para poder prestar a prova, então tenho dos meus 19 até os 23 para estudar. O cursinho parece ser relativamente ok, como nunca frequentei um cursinho antes não sei realmente dizer se ele é bom ou não, mas na pagina do instagram consta algumas aprovações dos alunos, cheguei a encontrar até dois amigos que foram aprovados.

        De qualquer forma, obrigado pela sua resposta.

        Curtir

      2. Bem, se você não tem pressa de ser aprovado, e se você conhece ex-alunos do curso que foram aprovados, então acho proveitoso você fazer o cursinho, nem que seja só pra ter a experiência. Se o cursinho não for suficiente pra você passar de primeira no concurso, você ainda terá o ano seguinte inteiro pra estudar por conta própria.

        Curtir

      1. Ensino médio
        Agradeço desde já

        ( O comentário do Hans também é meu,eu achei que não tinha enviado então fiz outro)

        Curtir

      2. Muito bem, Hans Almeida. Para a fase em que você está, os melhores livros de Cálculo são o volume 8 dos Fundamentos de Matemática Elementar e o volume 8 das Noções de Matemática. Você pode estudá-los ao mesmo tempo, pois os capítulos de um livro correspondem aos do outro. Quanto tempo você vai levar pra terminá-los depende das outras matérias que você também tem pra estudar. Mas não deve levar mais que dois, três meses.

        Depois desses livros, se você quiser se aprofundar no assunto, procure os dois volumes de Cálculo de um autor russo chamado Piskunov. Este já é um livro de graduação, feito para ser coberto em dois períodos letivos (nove meses no total).

        E depois do Piskunov, se você ainda tiver fôlego, os dois volumes de Cálculo de um autor americano chamado Apostol. Mais nove meses, pelo menos.

        Taí: seis livros pra te manter ocupado pelos próximos dois anos. Bons estudos!

        Curtir

      3. Olá! Não consigo baixar o Brasil Brasil: Uma Biografia, de Lilia Schwarcz e Heloisa Starling; como faço

        Curtir

  25. Opa, Serjão! Tudo certo?
    Cheguei recentemente aqui. Gostaria que o Sr. sanasse algumas dúvidas que tenho. Para isso, o contexto que estou inserido:
    Estou no 3º ano do ensino médio (público) e sempre fui um aluno excelente(quase um CDF), ótimas notas e um bom histórico escolar, porém sinto que o jeito que aprendi exatas foi decorando fórmulas, “musiquinhas” e isso deixou meu aprendizado de uma forma mecânica e engessada e isso me incomoda muito. Quero muito re-aprender exatas, especificamente matemática fundamental e médio (irei estudar outras matérias de exatas depois que dominar matemática básica). Desejo saber a teoria, saber manipular e explorar minha criatividade dentro dessa matéria. Os livros que recomendou, da OpenStax no post de Mát1, serão o que procuro para chegar no meu objetivo? Pergunto pois não sei se indicou os mesmos para quem precisa revisar um assunto para o vestibular.
    Acredito que terei dificuldades para estudar o material em inglês e com o sistema americano, mas não será impossível. Também pretendo ir estudando inglês com os materiais que disponibilizou, acho que pode ir facilitando.

    Tem algum texto de motivação para quem está meio desanimado/com dificuldades para a escolha de profissão e carreira? Penso que estou sofrendo com essa pandemia.

    Curtir

    1. Olá, Lucas! Os livros da OpenStax são excelentes para o que você quer. Eu costumo indicar esses livros pra quem não teve uma boa base em matemática no Ensino Fundamental. Você tanto pode baixar os livros gratuitos em PDF quanto pode acessá-los online, como páginas web. Se você optar pelas versões online, os navegadores Chrome e Edge podem traduzir automaticamente o texto para o português. Fica quase perfeito!

      E sobre a parte motivacional, tem sim aqui no Guia do CDF algumas páginas, listadas separadas das postagens normais. Procure na seção de “Páginas Especiais”.

      Curtir

  26. Serjão, boa noite! Eu sei que não é o foco do blog, mas o que você acha da qualidade do material de cursinhos reconhecidos, como o Hexag e o Bernoulli? O Hexag disponibiliza gratuitamente material todo ano: (https://cursinhoparamedicina.com.br/hexag-solidario). Já o Bernoulli, vou te mandar o material em outro comentário para você dar uma olhada sem ter que publicar o link (já que não é o intuito do blog).
    Eu não quero me preparar para o enem, mas deu vontade de ler algumas apostilas para dar uma introdução de alguns assuntos que não domino e depois partir para livros didáticos mais elaborados. É porque elas são curtas e sei lá, deu vontade de ver como esses cursinhos elaboram as coisas. Eu te pergunto porque não tenho certeza da qualidade do texto, então posso estar lendo algo que seja, digamos, duvidoso?

    Se puder responder, gratidão pela resposta!

    Curtir

    1. As apostilas do Bernoulli eu já conheço, as do Hexag, não. Também conheço as do Objetivo e do Poliedro. O conteúdo que elas trazem é tão confiável quanto dos melhores livros didáticos. Porém, elas são feitas para serem trabalhadas em salas de aula, sobretudo, com algumas atividades em casa. Por isso, trazem explicações teóricas sucintas, e exercícios sem soluções ― às vezes, sem nem respostas. Porque, se alguma coisa não ficar clara para os estudantes, eles terão os professores a quem perguntar. Por isso eu não recomendo apostilas aqui no Guia do CDF, onde procuro indicar materiais mais apropriados para o estudo autodidata, isto é, sem auxílio de professores. Mas se você consegue aprender bem por apostilas, siga com elas.

      Curtir

  27. Olá, Serjão! Você tem indicação para bons livros de geografia para leigos (é sério, entendo nada de geografia)? Valeu 😀

    Curtir

    1. Aqueles de livre acesso das grandes editoras (veja em “Como Estudar Ciências Humanas”) servem como introdução ao assunto.

      Curtir

  28. Boa tarde, Mestre Serjão! Obrigado por disponibilizar todo esse material. Uma dúvida: quando tento abrir os FME me dá um erro de que é preciso instalar o Adobe Reader ou atualizá-lo. Sabe como resolvê-lo? Já possuo a última versão do software e a extensão no Chrome.
    Obrigado mais uma ves.

    Curtir

    1. Este é um arquivo especial chamado Portfólio PDF. Basicamente, é um PDF com outros PDFs dentro. Fiz assim pra manter a coleção toda junta.

      O inconveniente é que esse tipo de arquivo não abre nos navegadores (Chrome, Firefox). Você tem que baixar o arquivo e abri-lo no Adobe Reader.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s